20 Outubro, 2014      13:52 GMT +1 Luanda 26°C
Angola News


Entrada em vigor da nova pauta aduaneira de Angola adiada para Março

Enviar por E-mail Versão para impressão

A entrada em vigor da nova pauta aduaneira em Angola, que tinha sido anunciada para 1 de Janeiro, deve acontecer em Março próximo, anunciou o director-geral das Alfândegas, Valentim Manuel, citado pelo Jornal de Angola.

Valentim Manuel acrescentou que o adiamento deve-se à necessidade de se efectuarem algumas correcções ao documento, “que já estão praticamente concluídas para que até Março comece a vigorar.”

O vice-presidente da Associação Industrial de Angola (AIA), Eliseu Gaspar, igualmente citado no Jornal de Angola, referiu que a nova pauta aduaneira “resulta de uma ampla convergência entre os principais agentes económicos.”

Eliseu Gaspar está de acordo com o agravamento das taxas na importação de legumes, por “não se justificar a importação de cebola, tomate e hortaliças quando Angola tem potencial para abastecer o mercado nacional.”

A nova pauta aduaneira foi aprovada pela Assembleia Nacional em Março de 2013 e publicada em Diário da República a 22 de Novembro do mesmo ano.

Uma análise recente de economistas do português Banco BPI garante que a entrada em vigor da nova pauta aduaneira resultará no aumento dos preços não só dos produtos importados, mas também dos produzidos localmente. (macauhub)

 

Empresário angolano António Mosquito assume presidência da empresa Soares da Costa Construção

Enviar por E-mail Versão para impressão

O empresário angolano António Mosquito assumiu a presidência da Soares da Costa Construção, SGPS com a conclusão do processo de entrada no capital social, informou quarta-feira em comunicado o grupo português Soares da Costa.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários na sequência da assembleia-geral da Soares da Costa Construção, SGPS até aqui detida na íntegra pelo grupo com o mesmo nome, foi anunciado que 66,7% da companhia passou para a posse da GAM Holdings, sendo os restantes 33,3% detidos pelo grupo Soares da Costa, uma operação que já havia sido anunciada no ano passado.

O capital social foi aumentado de 20,3 milhões de euros para 90,3 milhões de euros mediante a entrada em dinheiro de 70 milhões de euros, “subscrito e realizado integralmente pela sociedade de direito luxemburguês GAM Holdings.”

A 26 de Novembro, o grupo Soares da Costa e o empresário António Mosquito anunciaram terem concluído o processo que consistia na aquisição de 66,7% da construtora por este último, confirmada em assembleia-geral em Setembro. (macauhub)

 

5ª Feira Internacional das Minas de Angola decorre de 24 a 27 de Abril

Enviar por E-mail Versão para impressão

A quinta edição da Feira Internacional das Minas de Angola (FIMA) terá lugar de 24 a 27 de Abril, nas instalações da Feira Internacional de Luanda (Filda), anunciou a organização em comunicado.

Organizada pela Feira Internacional de Luanda (FIL), em parceria com o Ministério da Geologia e Minas, a quinta edição é dirigida a todas as empresas e entidades que operam no sector, bem como à banca e seguradoras, em todas as fases de produção desde a extracção ao seu produto final.

Para a edição deste ano, a organização pretende criar um espaço para apresentar as principais linhas estratégicas do sector.

“Após o sucesso alcançado na 4ª Edição, temos a responsabilidade de apresentar na edição deste ano mais atractivos a nível do sector e de diversificação da economia angolana, com ênfase no sector mineiro”, de acordo com a organização. (macauhub)

 

Grupo de Angola constrói siderurgia na Barra do Dande

Enviar por E-mail Versão para impressão

20140211

O grupo siderúrgico ADA – Aceria de Angola está a investir na construção de uma unidade fabril na Barra do Dande, província do Bengo, de acordo com a agência noticiosa angolana Angop.

A construção da fábrica, adjudicada à empresa italiana Danieli (http://www.danieli.com/), teve início em Setembro de 2012 e conclusão prevista para final do ano em curso.

O projecto, que prevê ainda a construção de um centro de compra de sucata, inclui fornos para a fundição e instalações de laminação, além de oficinas e armazéns, dispondo esta primeira fase capacidade para produzir 500 mil toneladas de aços longos para a construção civil.

A ADA – Aceria de Angola, SA (antiga Siderango) é o resultado de um projecto aprovado pela Agência Nacional de Investimentos Privados (ANIP) em 2011 e tem como base a siderurgia e actividades de transformação de ferro e aço.

O grupo, que dispõe de planos para duplicar a capacidade de produção instalada nesta siderurgia, é actualmente o principal fornecedor doméstico e regional de aços longos para a construção civil através da sua participada ASC. (macauhub)

 

Rússia, Hong Kong e Angola principais destinos da carne de porco do Brasil

Enviar por E-mail Versão para impressão

Rússia, Hong Kong e Angola foram os principais mercados de destino da carne de porco do Brasil em Janeiro passado, informou o presidente da Associação Brasileira da Indústria Produtora e Exportadora de Carne Suína (Abipecs).

De acordo com Rui Eduardo Saldanha Vargas, o Brasil exportou no primeiro mês do ano 34,8 mil toneladas de carne de porco, montante que representou uma quebra homóloga de 13,09% e proporcionou uma receita de 90,27 milhões de dólares, em quebra de 13,73%.

O presidente da Abipecs disse ainda que a Rússia foi responsável por 34,56% das vendas ao exterior e por 41,36% da receita, seguida de Hong Kong (26,48% e 24,23%) e de Angola, com 11,61% e 7,28%, respectivamente.

Rui Eduardo Saldanha Vargas adiantou que os embarques para a Rússia cresceram em Janeiro 0,93% em tonelagem para 12 mil toneladas e 6,79% em valor para 37,34 milhões de dólares enquanto que as vendas para Hong Kong aumentaram 9,01% em tonelagem (9,2 mil toneladas) e 6,12% em valor (21,87 milhões de dólares). (macauhub)

 


Pág. 98 de 510
pub-angola-p.jpg
MM24
MM9